Treinamento funcional emagrece quantos quilos por mês? É provável que já tenha ouvido falar do treinamento funcional. Mas você pode dizer o que é isso?”.

E o que é o treinamento funcional para emagrecer, até mesmo as pessoas que comentam? Pois bem, vamos lá: o treinamento funcional é aquela em que todos os músculos do corpo estão envolvidos em exercícios que imitam os movimentos como agachar, pular, correr, empurrar, virar, para que as pessoas que são realizadas, normalmente, no dia-a-dia, em casa, no trabalho ou na prática de esportes.

Muito mais dinâmico do que o de outros tipos de treino, você trabalha com temas como o fortalecimento muscular, a coordenação, a flexibilidade, o sistema cardiorrespiratório e o equilíbrio dos exercícios complexos em que se utilizam os cintos, bolas, cones, camas elásticas, pesos, kettlebells, halteres, barras, elásticos, além do peso do próprio corpo.

Treinamento funcional emagrece quantos quilos por mês?

Qualquer tipo de exercício que ajuda a queimar muitas calorias e é um aliado na perda de peso. E, desde esse ponto de vista, pode-se dizer que sim, que o treinamento funcional para emagrecer. E é que, em uma sessão de treinamento com base em tecnologia, é possível que a eliminação de 800 a 1000 calorias.

De acordo com o treinador, Jason Corrie, os exercícios funcionais são capazes de estimular o aumento da queima de calorias, mesmo quando o profissional não se realiza o treinamento em si mesmo. E é que, ao trabalhar os músculos de todo o corpo, e aprender a executar os movimentos da pessoa, que pode ser de alguém que seja mais ativo no dia-a-dia.

Treinamento funcional emagrece quantos quilos por mês? Por exemplo, isso pode resultar em uma mudança de elevação de escadas ou ir a pé para o trabalho, ou no supermercado, e o que antes se fazia com o carro. Desta forma, o profissional que ocupa a energia, o que ajuda a emagrecer.

Treinamento funcional emagrece quantos quilos por mês? Outro ponto importante é o que nos leva a pensar que o treinamento funcional para emagrecer, é que se pode trabalhar com o aumento da massa muscular, algo que também faz com que o processo de perda de calorias de forma mais eficiente.

Isso é porque quanto mais alto é o índice de massa corporal de uma pessoa, maior será a quantidade de calorias que seu corpo é capaz de remover.

Antes de prosseguir com o seguinte tema, é importante ter em conta o que já deve estar cansado de saber que de nada serve dedicar a um programa de exercício, se não para a reparação da fonte de alimentação.

Treinamento funcional emagrece quantos quilos por mês? Já pensou que se esforça ao máximo em uma das aulas de treinamento funcional, que perdeu as 1000 calorias, e uma vez que ele chegue a casa peça uma pizza e tome um copão de coca-cola? As calorias que se perde, se recuperam e o treinamento, não terá servido de nada.

Outros dos benefícios do treinamento funcional
Foi visto que o treinamento funcional para o emagrecimento e ajuda no aumento da massa muscular. Mas, além disso, os exercícios funcionais, que trazem as seguintes vantagens:

Na maior parte das séries de treinamento funcional, e não apenas os músculos abdominais, os músculos do centro do corpo, que também são chamados de “core”, e sobre todo o abdômen, quadris e costas, se trabalha, em que se promove o fortalecimento da região. Esta área é muito importante para o corpo humano, já que é o responsável pela estabilização da coluna vertebral.

Treinamento funcional emagrece quantos quilos por mês?

– Atitude:

A rotina de estar sentado o dia todo em frente ao computador para o seu trabalho, a fadiga e o estresse do dia-a-dia, que podem levar a problemas de postura e de desequilíbrios musculares. A boa notícia é que, se você faz ou está interessado em obter o funcional, que é o que o treinamento também ajuda a resolver este tipo de problemas.

– Estabilidade:

O treinamento funcional, que também envolve os exercícios que favorecem a estabilidade, bem como a flexibilidade, a mobilidade e o fortalecimento de todo o corpo.

– Ar-condicionado:

Pode ajudar na preparação dos atletas, já que ajuda o profissional a ter movimentos mais rápidos e potentes, o que é muito importante para uma variedade de desportos, como o golfe, passando por futebol, e em um combate de boxe ou artes marciais mistas.

Treinamento funcional emagrece quantos quilos por mês? – Não, não cai na rotina:

O treinamento funcional para o emagrecimento é uma boa opção para as pessoas que já tenham se cansado de fazer as mesmas séries no ginásio todas as semanas. E é que a variedade de exercícios de treino, é muito grande, o que faz com que não se cair na rotina.

Além disso, enquanto algumas das aulas são realizadas na academia, você ainda pode treinar na praia, no parque ou no campo. Ao sair do local habitual de treino, e para mudar um pouco de ares e nos ajudam a fazer com que o treino seja mais divertido e menos trabalhoso, em que se trata de um verdadeiro antídoto contra o desânimo e vontade de desistir.

Dicas e cuidados
– Antes que tudo, tudo, tudo

Não é porque se deu conta de que o treinamento funcional para emagrecer que você vai sair, o que se vê na web. Vá com calma! E o cheque com seu médico se você está, de fato, capaz de levar a cabo uma formação prática e com frequência. Também é um bom treinador, sobre tudo quando se é iniciante, para te orientar quanto à forma correta de treinar, e a determinação de como devem ser as séries e repetições, e fazer um acompanhamento de seu desempenho, o que contribuirá para reduzir o risco de lesões.

– Quem pode fazê-lo?

O treinamento funcional não é o mais adequado para as pessoas sedentárias. Aqueles que têm mais de 40 anos de idade e as mulheres grávidas não devem realizar os exercícios do método, com o apoio do seu médico de família. A formação é a mais adequada para aqueles que já têm o hábito de praticar atividade física.

No entanto, isso não é uma restrição. Como já falamos por aqui, o ideal é que você consulte com o seu médico de família. Talvez seja melhor começar com algo mais simples, ou com uma das séries funcionais, que só funcionam com o peso de seu próprio corpo para depois passar pela utilização de outros acessórios.

– Antes de começar a aula:

Não se pode fazer exercício sem ter comido nenhum alimento, já que ele precisa de energia para o treino. Outra dica importante é fazer alongamentos antes do exercício, para manter as articulações e os músculos e reduzir o risco de ferimentos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here