Tereré faz mal para o fígado?

Em nossa região, onde se consome muito tereré, existe uma grande preocupação sobre as implicações para a saúde humana.

Por isso escolhi este texto, para esclarecer, de uma vez por todas, as dúvidas com relação a esta bebida.

O tereré não é outra coisa que um mate frio. De fato, pela adição de água fria da erva mate (Ilex Paraguaienses), planta nativa do Paraguai, Argentina, chile, Uruguai e Argentina.

A erva-mate é consumido há séculos e que, no entanto, tem sido estudado há apenas duas décadas, devido à expansão de seu consumo.

Foi recentemente revisado por parte de seus benefícios para a saúde, mas também existem algumas preocupações sobre a sua segurança.

Tereré faz mal para o fígado?

A literatura científica aponta que vários dos benefícios da erva-mate, que atua como um hipocolesterolêmico (baixa o nível de colesterol no sangue), Hepatoprotetor (protege o fígado, estimula o sistema nervoso central, diurético, antioxidante e protetor do sistema cardiovascular, anticancerígeno (protege contra o desenvolvimento de alguns tipos de câncer, citotóxica para as células do câncer de fígado em humanos (hepatoma, HepG2), além de perda de peso, devido a sua ação estimulante sobre o metabolismo.

Há muito que os rumores sobre a relação da erva-mate, com as pedras nos rins, porém, a erva, que não devem ser postos evitar com o fim de prevenir cálculos renais.

Ao tomar a erva que estamos a ingerir uma grande quantidade de água, por isso é essencial para as pessoas que sofrem de cálculos renais. (Para obter mais informações sobre o procedimento de extração de cálculos (pedras) nos rins.

Tereré faz mal para o fígado

 

Além disso, a adição de um limão, o tereré, o costume de algumas pessoas, mas que também ajuda na luta contra os cálculos, já que o limão contém grande quantidade de citrato, que auxilia na prevenção de todo o tipo de cálculos nos rins e, em particular, em relação com o cálculo de ácido úrico e citrato demonstra que você é capaz, inclusive, de que não é a alcalinizar a urina.

A quem se deve evitar a

A única evidência clara dos benefícios na prevenção da erva, e quanto aos números, seria o de um grupo de pessoas que formam as rochas, por causa de um distúrbio chamado ” hiperoxalúria (aumento de oxalato na urina).

Transtorno em que é detectado através de um exame de urina, pede aos pacientes que sofrem de cálculos, uma e outra vez. Nestes casos, a erva que há que evitar, pois, que contém glicina.

Também deve ser evitado em pacientes com cistite de repetição (para mais informação sobre cistite, clicando aqui), síndrome da bexiga dolorosa, e os homens com os sintomas da hiperplasia benigna da próstata.

Já que pode provocar desconforto, ardor ao urinar e aumento da freqüência do trato urinário, devido ao seu efeito diurético e dermatite irritativa do trato urinário.

Os estudos epidemiológicos têm demonstrado uma relação entre o alto e o baixo consumo de erva-mate, com o aparecimento de alguns tipos de cancro, como o da faringe, esôfago, laringe, rins e bexiga.

No entanto, acredita-se que este efeito pode não ser causada por uma má erva em si mesmo, mas para os contaminantes que podem estar presentes na erva-mate em trâmite, e/ou à alta temperatura a que algumas das pessoas que consomem o casal, como no caso dos outros.

Assim, a tecnologia de pós-colheita, sobretudo no processo de secagem, que precisa ser melhorado para eliminar os contaminantes.

Além disso, um bom controle da qualidade, incluindo os testes de análise completo, torna-se um imperativo para garantir a segurança dos estados unidos.

Portanto, o uso moderado de erva-mate, é recomendado (com menos de um litro e meio por dia), e não parece estar relacionado com um aumento significativo no risco de câncer.

Outras consequências para a saúde se deve ao seu alto teor de cafeína, e a erva pode causar efeitos secundários tais como: gastrite, insônia, ansiedade, arritmias cardíacas e até mesmo a hipertensão arterial.

Por isso que se deve evitar ou consumir com muita discrição por parte de pessoas que sofrem este tipo de problemas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here