Suor excessivo durante a noite em homens, causas?Com o suor da noite, também conhecida como sudorese noturna, você pode ter uma variedade de causas, e apesar de que não tem de ser preocupante que, em alguns casos, pode indicar a presença de uma doença.

Por isso, é importante ter em conta que, em situações de tudo o que aparece, e se acompanha de outros sintomas, como febre, calafrios, ou da perda de peso como, por exemplo, já que o que se pode indicar a partir de um simples aumento da temperatura do ambiente ou o corpo durante toda a noite, assim como alterações hormonais ou metabólicos, infecções, doenças do suor excessivo durante a noite em homens, causas?aparelho digestivo, ou mesmo o câncer.

Além disso, não há que esquecer que a hiperidrose, que é o de uma produção excessiva de suor pelas glândulas sudoríparas, de forma generalizada, no corpo ou que se acha em mãos, axilas, o pescoço ou as pernas, mas o que acontece a qualquer hora do dia.

Assim, devido a que existem várias causas para este tipo de doença, desde que apresentado de forma persistente ou grave, é muito importante falar com o médico de família ou um médico de medicina geral, pelo que se investigam as possíveis causas. Algumas das principais causas de suor, de noite, e incluem:

1. Suor excessivo durante a noite em homens, causas? – O Aumento da temperatura corporal

 

Quando a temperatura do corpo se eleva, seja através da prática da atividade física, a temperatura do ambiente de alta potência, o consumo de alimentos termogênicos, como a pimenta, o gengibre, o álcool e a cafeína, por quadros de ansiedade, ou pela presença de febre de causa infecciosa, como a gripe, por exemplo, que o suor se forma no organismo para tentar esfriar o corpo e evitar que se aquece em excesso.

No entanto, no caso de que não se encontra uma causa clara, e a sudorese noturna, seja em excesso, é importante ter em conta que há doenças que aceleram o metabolismo, como o hipertireoidismo, por exemplo, que deve ser discutido com seu médico sobre as suas opções.

Suor excessivo durante a noite em homens

2. Suor excessivo durante a noite em homens, causas? – A menopausa ou a síndrome pré-menstrual
As flutuações dos hormônios, como o estrogênio e a progesterona que ocorrem na menopausa ou em período pré-menstrual, por exemplo, são capazes de aumentar a temperatura basal do corpo, e que pode causar episódios de fogachos e sudorese excessiva, que pode ser de noite.

A taxa de câmbio é benigna e costuma passar com o tempo, no entanto, no caso de que se repitam, ou é muito intenso, deve-se falar de como o ginecologista ou endocrinologista, para investigar um pouco mais, o diagnóstico e a busca de formas de tratamento, como a terapia de reposição hormonal.

Os homens que não têm a liberdade dos seguintes sintomas, já que cerca de 20 por cento dos que estão acima dos 50 anos de idade, podem apresentar à andropausa, também conhecida como a “menopausa masculina”, que consiste na diminuição dos níveis de testosterona, e que agora, com o suor da noite, além de calor, irritabilidade, dificuldade para conciliar o sono e diminuição da libido.

Aqueles que se submetem a um tratamento para a redução da testosterona, já que devido a um tumor na glândula da próstata, que também podem apresentar estes sintomas.

3. Suor excessivo durante a noite em homens, causas? – As infecções
Algumas das infecções, que podem ser de baixa ou de evolução crônica, que podem causar sudorese excessiva, de preferência de noite, e algumas das mais comuns são:

A tuberculose;
O HIV;
Histoplasmose;
Coccidiodomicose;
Papel;
Abscesso pulmonar.

Geralmente, além de sudorese noturna, esta infecção pode cursar com febre, calafrios, perda de peso, fraqueza, ou os gânglios linfáticos no corpo.

A presença destes sintomas, é muito importante ter uma avaliação médica tão logo seja possível, o tratamento se dirige, de acordo com o tipo de microrganismo envolvido, pode ser necessário o uso de antibióticos, antifúngicos, ou os anti-retrovirais.

O que pode ser o suor da noite (sudorese noturna)

4. Suor excessivo durante a noite em homens, causas? – O Uso de medicamentos
Alguns dos medicamentos que podem ter como efeito colateral à presença de suor, de noite, e alguns dos exemplos são os antipiréticos, como o Paracetamol, e alguns anti-hipertensivos, e alguns dos diferentes conteúdos.

No Caso das pessoas na utilização destes medicamentos que se apresentam episódios de suadeira pela noite, em que o seu uso não está parado, mas que deve ser discutido com o seu médico para algumas das situações mais comuns que são avaliadas antes de pensar em aposentadoria ou mudança da medicação.

5. Suor excessivo durante a noite em homens, causas? – A Diabetes
Não é raro que as pessoas com diabetes em tratamento com insulina, se apresentarem episódios de hipoglicemia durante a noite ou à primeira hora da manhã, e não tem por que estão dormindo, enquanto que só o suor se faz notar.

Para evitar este tipo de episódios, que são um perigo para a saúde, é importante falar com seu médico sobre a possibilidade de um ajuste de dose ou o tipo de medicamentos, e seguir uma série de dicas como:

Verificação dos níveis de glicose no sangue antes de ir dormir, já que se encontram com muitas baixas e devem ser resolvidos com um lanche saudável
Preferem praticar atividade física durante o dia, e a não participar no jantar
Evitar o consumo de bebidas alcoólicas à noite.

A hipoglicemia ocorre sudorese, já que ativa os mecanismos do corpo e da liberação dos hormônios, a fim de compensar a falta de glicose no sangue, o que resulta na sudorese, palidez, tonturas, taquicardia, palpitações e náuseas.

6. Suor excessivo durante a noite em homens, causas?- A síndrome de apnéia do sono
As pessoas que sofrem de apneia do sono que sofrem de queda de oxigenação do sangue durante a noite, o que nos leva à ativação do sistema nervoso central e pode causar o suor da noite, além da possibilidade de desenvolver pressão arterial alta, arritmias cardíacas e doenças do coração.

Esta doença é um distúrbio em que a causa da parada momentânea da respiração ou respiração superficial durante o sono, dando lugar a roncos, e o resto um pouco de descontração, que causa os sintomas de sonolência durante o dia, dificuldade de concentração, dor de cabeça e irritabilidade, por exemplo. Confira a captação e o tratamento da apnéia do sono.

7. As doenças do aparelho digestivo
Algumas pessoas podem apresentar um distúrbio do sistema nervoso autônomo, que é o responsável pela regulação das funções nas quais não dependem de nossa vontade, como a respiração, o ritmo cardíaco, a pressão sangüínea, a digestão e a temperatura do corpo, por exemplo.

O tipo de mudança que conduz ao que conhecemos como a disautonomia, e provoca sintomas como sudorese excessiva, fraqueza, queda repentina da pressão, tremores, taquicardia, visão turva, secura da boca e da intolerância à atividade, como ficar de pé, levantar ou andar durante muito tempo.

As mudanças no sistema nervoso autônomo, que podem aparecer por diversas causas, sobretudo nas doenças neurológicas, como o Parkinson, a esclerose múltipla, mielite transversa, a doença de Alzheimer, tumores ou traumatismos cerebrais, por exemplo, além de outras doenças metabólicas, cardiovasculares e endócrinas.

8. O câncer
Alguns tipos de câncer, como o linfoma e a leucemia, pode apresentar-se como um sintoma comum que com o suor da noite, além da perda de peso, os gânglios linfáticos aumentados através do corpo, o risco de sangramento e a queda dos mesmos.

A transpiração excessiva, também podem aparecer em casos de tumores neuroendócrinos, como o feocromocitoma, ou um tumor carcinoide, que estimulam a liberação de hormônios que ativam a resposta neurológica, provocando uma crise de taquicardia, sudorese, rubor da face e a pressão arterial alta, por exemplo.

O tratamento deve ser dirigido pelo oncologista, e em alguns casos com seguimento de endocrinologia, com o tratamento, que pode incluir a cirurgia e a quimioterapia para o câncer, por exemplo, de acordo com o tipo de tumor e da gravidade do quadro.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here