O que é bom para coceira na vagina? A coceira na vagina, pode ser um sintoma de alergia ou a candidíase, por exemplo).

Quando ocorre uma reação invulgar ou alérgica a área afetada, que é, na maior parte das vezes, é a mais externa.

Neste caso, o uso dos escritos que não sejam de algodão e uma calça jeans, todos os dias, pode causar irritação e aumento da coceira.

Se a coceira é o interior, que pode ser causada pela presença de um fungo ou uma bactéria, e o diagnóstico pode vir acompanhado de inflamação e secreção.

Muitas vezes, a causa da coceira, é um tratamento, é uma doença infecciosa causada por um desequilíbrio dos fungos, que normalmente habitam esta região.

Os sintomas mais característicos da candidíase são:

Comichão na parte interior e exterior da zona íntima da mulher.
Corrimento de cor branca, tipo leite coalhado, com ou sem odor;
Dor ou ardor ao urinar.

O que é bom para coceira na vagina?

O que é bom para coceira na vagina?

Com um bom tratamento caseiro para aliviar a coceira na vagina, o clitóris e os lábios, é para lavar a área íntima com um chá de alecrim e sálvia, por exemplo, já que tem propriedades antimicrobianas, que eliminam as bactérias e evita a proliferação de fungos, que podem causar coceira.

Confira as receitas deste e dos outros remédios caseiros para a comichão na vagina.

No entanto, o tratamento para a coceira na vagina, que depende da causa:

1. O que é bom para coceira na vagina? – O tratamento
O tratamento o tratamento é feito com o uso de antifúngicos orais e cremes para o tratamento como receitado pelo ginecologista, como o Clotrimazol ou miconazol.

Veja quais são e como são utilizados em cremes ginecológicas mais utilizados para o tratamento.

2. O que é bom para coceira na vagina? – A Alergia às substâncias e preparados químicos
Algumas das substâncias e preparados químicos, como o cloro presente na água, uma banheira de hidromassagem, banheira ou em uma piscina, por exemplo, pode causar coceira na vagina, sendo nestes casos, recomendamos que, na zona interior, se lava com água e sabão de pH neutro. Após a secagem, recomenda-se usar roupas íntimas de algodão.

Depois de sair da piscina, mas que também é importante esclarecer que o biquíni para que não seque o corpo e que permite o crescimento de fungos, ou pelo contato prolongado com a água clorada.

3. O que é bom para coceira na vagina? – As Doenças De Transmissão Sexual
As Doenças Sexualmente transmissíveis, também conhecidas como infecções de transmissão sexual, também pode ter sintomas de coceira na vagina.

Por isso, é muito importante que, em caso de que exista uma conduta de risco, ou seja, o contato mais próximo e direto, sem camisinha, realizam-se os exames específicos em que foi determinado que a causa e iniciar o tratamento mais adequado, seja aos antibióticos ou antivirais. Para entender como se realiza o controle das principais DST’s.

4. A higiene.
A falta de uma higiene adequada pode causar coceira na vagina. Por conseguinte, recomenda-se que a parte exterior lava todos os dias com água e um sabão suave, mesmo após a relação sexual. Na região, que deve estar sempre seca, o melhor é usar roupa interior de algodão e evitar o uso de roupas muito apertadas e a cueca com elástico frouxo.

Além disso, durante a menstruação, recomenda-se que o redutor foi alterada para cada uma das 4 ou 5 da tarde, apesar de que não é, aparentemente, muito suja, já que a vagina está em contato direto e constante com os fungos e as bactérias presentes na zona média.

Em qualquer caso, se a coceira de uma duração de mais de 4 dias, ou que apresentem outros sintomas, como corrimento com mau cheiro, ou inflamação da área, é aconselhável ir ao ginecologista para determinar a causa e receber um tratamento adequado.

Como não tenho coceira na vagina
A fim de evitar a coceira na vagina, o clitóris e os lábios maiores, é conveniente:

O uso de roupa íntima de algodão, evitando que os materiais sintéticos, o que não deixa a pele respirar, o que facilita o crescimento de fungos;
Ter uma boa higiene, interior, lavar só na parte externa, com um sabonete neutro, mesmo depois que o contato mais próximo e direto;

Evitar o uso de calças muito justo, para evitar que o aumento da temperatura local.
Usar o preservativo em todas as suas relações, a fim de evitar a contaminação das infecções de transmissão sexual.

Estes cuidados também ajudam a aliviar a irritação dos cidadãos e ajudar a reduzir a comichão, quando já não existe. Além disso, é recomendável fazer uma dieta com alimentos muito açucarados.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here