Como é feito o exame de translucência nucal? A translucência nucal é uma prova que serve para medir a quantidade de líquido na região da nuca do feto no útero, o fato de que, durante o ultra-som, realizado entre 11 e 14 ª semana de gestação.

Este exame serve para calcular o risco de que o bebê apresenta alguma malformação ou doença, como a síndrome de Down (sd).

Quando estão presentes a maior parte das malformações e doenças genéticas no feto tende a acumular líquidos na zona da nuca e, por conseguinte, a medida da translucência nucal está aumentada acima de 2,5 mm, isto significa que se pode estar, há uma mudança no desenvolvimento da mesma.

Como é feito o exame de translucência nucal?

Assim, na medida em que a translucência nucal muda, não se confirma que o bebê tem um defeito genético, ou bloqueio, o que indica que apenas o aumento no risco de tais modificações e, no seu caso, o médico vai solicitar outros exames, tais como a prova de que, por exemplo, para confirmar ou não o diagnóstico.

Como é feito o exame de translucência nucal? O preço do exame varia entre 110 e 400 reais, dependendo da clínica, onde se leva a cabo, mas se for solicitado por um ginecologista, nas consultas de pré-natal, o que pode ser feito pelo sistema único de saúde, sem que lhe será cobrada.

Como se faz e os valores de referência de
A translucência nucal é um fato que, durante um ultra-som da gravidez e no momento em que o médico determina o tamanho e a quantidade de líquido que se encontra na zona de trás da nuca do bebê, sem a necessidade de nenhum procedimento especial.

Os valores da translucência nucal pode ser a seguinte:

Média inferior a 2,5 mm
Alterado de: igual ou superior a 2,5 mm

É um exame com um valor crescente, não se garante que a criança sofre algum tipo de mudança, mas que nos indica que existe um maior risco e, portanto, o médico vai solicitar outros exames, tais como a amniocentese, que recolhe uma amostra do líquido amniótico ou de cordocentese, pelo que se avalia uma amostra de sangue do cordão umbilical.

Como é feito o exame de translucência nucal? Enquanto, na terra, também se dão pela ausência dos ossos do nariz, com o risco de que alguma malformação aumenta mais e mais, já que o osso do nariz, geralmente, não está presente no caso dos quadros.

Além da translucência nucal, que é a idade da mãe e da história familiar de alterações cromossômicas ou doenças genéticas, que também são muito importantes para determinar o risco do bebê de apresentar uma dessas emendas.

Como é feito o exame de translucência nucal?

Como é feito o exame de translucência nucal?
Esta prova deve ser realizada entre 11 e até a 14ª semana de gestação, já que é quando o feto já tem entre 45 a 84 cm de comprimento, e pode-se calcular a medida da translucência nucal.

Também pode ser conhecida como a ultra-sonografia morfológica do primeiro trimestre deste ano, já que, além da medida do pescoço do bebê e, além disso, ajuda a identificar a maior parte das malformações dos ossos, o coração e os vasos sanguíneos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here